quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Motorista tenta desviar de cobra sucuri. Acidente na BR 364 mata cinco, em Rondônia

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011


Um grave acidente ocorrido na BR 364, sentido Porto Velho – Acre, na altura do distrito de Abunã, a cerca de 250 km da capital de Rondônia, Porto Velho nesta quinta-feira (6) vitimou cinco pessoas que tripulavam um Honda Civic. Duas vítimas moravam em São Paulo e estavam passando as férias com familiares em Rondônia. Segundo depoimentos colhidos por moradores do distrito e informações da Assessoria de Comunicação Social da Polícia Rodoviária Federal, o automóvel teria tentado desviar de uma cobra sucurique atravessava a pista e acabou batendo numa carreta que transportava refrigerantes. Com o impacto os dois veículos se incendiaram e explodiram. Omotorista da carreta – Carlos Eduardo Guimarães da Silva, 27, e oajudante, Ademil Moreira Borges, 38 conseguiram escapar quebrando o vidro de trás da cabine . Os corpos carbonizados das pessoas que viajavam no Honda Civic foram encaminhados para o IML da capital. A cobra atropelada(uma sucuri, que é vivípara e gesta seus filhotes por aproximadamente 240 dias, tendo de 20 a 40 filhotes por cria) teria expelido os seus filhotes que estavam sendo gestados no leito da BR. O acidente ocorreu nas proximidades da balsa que faz a travessia do rio Madeira, para a cidade de Rio Branco, no Acre. A região é cercada de pântanos e pequenas lagoas que se formam ao lado do leito da estrada, habitat perfeitopara a Sucuri-verde (Eunectes murinus), que vive na Amazônia e em alagados na região do cerrado.

Translado e velório em SP

Seguiu às 3h da madrugada desse sábado (8) no voo 1373 da Gol para São Paulo, onde serão velados e sepultados os corpos do servidor aposentado doTRT da 14ª Região, Jairo Barreto de Oliveira, sua esposa Sane Tanaka de Oliveira e o filho Jeferson Tanaka de Oliveira, que morreram carbonizados no acidente , A filha Jaqueline Tanaka de Oliveira disse ao Serviço de Assistência Social do TRT em Porto Velho, onde veio fazer o reconhecimento das vítimas que seu irmão Jeferson e a namorada Tatiana, mortos no acidente, ainda comemoravam a aprovação no exame de ordem da OAB/Seccional de São Paulo. Outra vítima do acidente é o jovem Maikon, amigo da família que acabara de viajar a passeio a Cobija, na fronteira boliviana com o Acre, de onde retornavam no momento do acidente.

Com Ascom/DPRF-RO

3 comentários:

Sissym disse...

Puxa, isso é sinistro, um verdadeiro acidente!
Uma pena terminar assim. Eu sei de pessoas que tambem já desviaram de outros tipos de animais, sempre resultando em acidentes, mais ou menos graves. Eu acho que desviam pq sabem que o impacto, caso atropele, tambem seja desastroso. Eu já vi caso de atropelar, o bicho entrar pelo vidro e tambem resultar num lamentavel acidente.

Será que a cobra sobreviveu? Puxa, se sim, provavelmente as pessoas, com raiva dela, foram para matar. Se ela estava na estrada é porque o seu habitat não é mais o mesmo.

Histórias & Estórias disse...

Sinistro é apelido. Uma loucura mesmo! Imagina a cobra expelindo os filhotes e as pessoas carbonizadas. Nossa, isto me dá arrepios!! Pavor!

Gabriel disse...

Essa cadela morreu e levou 6 cm ela mais seus filhotes.

Postar um comentário

MESSENGER

 
◄Design by Pocket